Curso Básico de Vigilância e Controle da Raiva Silvestre

O Curso Básico de Vigilância e Controle da Raiva Silvestre destina-se aos agentes de controle de endemias que atuam no Sistema Único de Saúde do Estado do Ceará, e tem como finalidade desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias a esses profissionais, em nível municipal e microrregional, para a execução de atividades relacionadas ao controle da raiva silvestre.

O curso nasceu da necessidade de descentralização das ações de Epidemiologia e Controle da Raiva e de desenvolver práticas de saúde transformadoras, reflexivas, propositivas e articuladas com a sociedade, para o enfrentamento do cenário da Raiva Silvestre no Estado.

Desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias para a execução de atividades relacionadas ao controle da raiva silvestre em nível municipal e microrregional.

  • Compreender a epidemiologia da Raiva Silvestre;
  • Discutir as formas de profilaxia e controle da Raiva Silvestre, assim como as relações entre o agente etiológico, o hospedeiro e o meio ambiente;
  • Correlacionar os mecanismos envolvidos na patogenicidade dos reservatórios da Raiva na Saúde Pública.
  • Identificar as diferentes espécies de Quirópteros com importância em Saúde Pública;
  • Praticar o rastreamento de animais silvestres;
  • Praticar a captura de quirópteros hematófagos.

Unidade 1 - Raiva Silvestre: conceitos básicos e etologia (8 horas)

・  Raiva Silvestre (conceito, histórico, agente etiológico, transmissão, epidemiologia, sintomatologia, patogenia e profilaxia);

・  Imunologia Básica da Raiva;

・  Etologia dos animais silvestres.

Unidade 2 - Rastreamento de animais silvestres (8 horas)

・  Rastreamento de animais silvestres;

・  Aula prática sobre rastreamento.

Unidade 3 - Quirópteros: características, manejo, captura e controle (12 horas)

・  Quirópteros – Famílias;

・  Quirópteros Hematófagos;

・  Taxonomia dos Quirópteros – Teórica e prática.

Unidade 4 - Captura de quirópteros hematófagos (12 horas)

・  Aula prática - Captura de quirópteros hematófagos.

PÚBLICO

Agentes de Controle de Endemias que atuam no Sistema Único de Saúde do Estado do Ceará.

Z

MATRÍCULA

A definição das vagas é feita de acordo com o painel de indicadores da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica. As fichas de inscrição são enviadas aos municípios, que selecionam os profissionais conforme o perfil e interesse.

PERÍODO

VAGAS

30 vagas.

CARGA HORÁRIA

40 h/a.

COORDENAÇÃO

Laís Araújo Rolim

INFORMAÇÕES

lais.rolim@esp.ce.gov.br / (85) 3101-1400