Curso de Aperfeiçoamento EpiSUS Fundamental

A detecção eficaz de doença, investigação, controle e prevenção, requerem um grupo de trabalho em saúde pública, capacitado e treinado nos princípios e prática na área da epidemiologia. O EpiSUS em seu módulo de formação de nível fundamental (EpiSUS-Fundamental), é um programa de três meses de formação contínua que se concentra na detecção e resposta a doenças ou eventos de importância para a saúde pública no âmbito nacional e internacional.

O curso nasceu da necessidade de qualificar os profissionais de saúde, afim de aprimorar suas habilidades na realização da vigilância, na investigação de casos, repostas a surtos e outros eventos da saúde, bem como, para desenvolver uma rede de vigilância proativa e de resposta oportuna e coordenada, com ênfase em situações de surtos e emergências em saúde pública.

Capacidade para realizar uma investigação de surto com metodologia sistematizada em etapas, fornecer informações para a tomada de decisões e analisar um problema assim como determinar os motivos e possíveis abordagens de intervenção.

  • Compreender o papel e a utilidade dos dados para os profissionais que atuam na saúde pública para o monitoramento e disponibilização de informações para direcionar a tomada de decisões;
  • Realizar coleta de dados da vigilância com qualidade para a análise, interpretação e comunicação;
  • Levar a cabo análise de dados descritivos/epidemiologia descritiva;
  • Melhorar a qualidade e a utilização dos dados de vigilância relacionada aos agravos sob vigilância e para apoiar na detecção de surtos;
  • Escrever um relatório breve com os resultados das análises dos dados;
  • Melhorar a comunicação e divulgação das informações em saúde;
  • Melhorar a resposta, incluindo investigação de casos e surtos, de eventos de interesse de saúde pública.

Unidade 1 - Vigilância em Saúde (8 horas)

・   Introdução ao Treinamento EpiSUS-Fundamental

・   Introdução a Vigilância em Saúde

・   Coleta de dados

・   Definição de caso

・   Sistema de Informação de Agravos de Notificação

Unidade 2 - Epidemiologia de Campo (24 horas)

・   Estatística descritiva

・   Apresentação dos dados

・   Interpretação de dados

・   Comunicação da ação e tomada de decisão

・   Monitoramento e avaliação

・   Da aprendizagem à prática diária

Unidade 3 - Estudo de caso: dengue na América central  (8 horas)

TRABALHOS DE CAMPO 1 (44 HORAS – EXTRA CLASSE)

Unidade 1 - Revisão do ciclo de vigilância utilizando a matriz SWOT/FOFA

Unidade 2 - Relatório descritivo de um agravo, evento ou doença

OFICINA 2 (40 HORAS - PRESENCIAL)

Unidade 1 - Apresentação dos trabalhos de campo (8horas)

Unidade 2 - Investigação de surto e resposta (12 horas)

・   Parte 1: etapas e epidemiologia descritiva de surtos

・   Parte 2: etapa analítica e de resposta

Unidade 3 - O ciclo da vigilância: análise, elaboração e apresentação (12 horas)

・   Relação com o laboratório

・   Análise de Problemas

・   Apresentações Científicas

・   Elaboração de apresentações

・   Da aprendizagem à ação

Unidade 4 - Sessão zika (8 horas)

TRABALHOS DE CAMPO 2 (40 HORAS – EXTRA CLASSE)

Unidade 1 - Relatório de uma investigação de caso

Unidade 2 - Relatório de investigação de surto

Unidade 3 - Relatório ampliado da descrição do agravo

Unidade 4 - Revisão do ciclo de vigilância: análise do problema utilizando metodologia espinha de peixe

OFICINA 3 (16 HORAS – PRESENCIAL)

Unidade 1 - Apresentação dos trabalhos finais de campo (16 horas)

PÚBLICO

Profissionais que atuam em saúde pública a nível local com atividades relacionadas à coleta de dados de vigilância, monitoramento, análise e resposta. Este programa destina-se a profissionais que são responsáveis por:

  • Coletar e recompilar dados sobre doenças a partir de unidades de saúde em uma área geográfica delimitada;
  • Notificar agravos aos níveis superiores do sistema de saúde pública.
Z

MATRÍCULA

A definição das vagas é feita de acordo com o painel de indicadores da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica (COVIG). As fichas de inscrição são enviadas aos municípios, que selecionam os profissionais conforme o perfil e interesse. A coordenação do curso junto à COVIG avalia o candidato quanto aos requisitos para ingresso no curso.

PERÍODO

VAGAS

25 vagas.

CARGA HORÁRIA

180 h/a

COORDENAÇÃO

Laís Araújo Rolim

INFORMAÇÕES

marciano.sousa@esp.ce.gov.br / (85) 3101-1400