Este curso, se insere no contexto do sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência (Decreto Nº 9.603 de 10 de dezembro de 2018, que regulamenta a Lei nº 13.431, de 4 de abril de 2017), buscando refletir e ampliar o olhar para a promoção das ações intersetoriais da rede de proteção à infância e adolescência no estado do Ceará, bem como viabilizar o compartilhamento de reflexões e saberes acerca de mecanismos/estratégias de prevenção aos diversos tipos violência, contribuindo também para a implementação e fortalecimento das políticas públicas.

Competência 1: compreensão das bases históricas e conceituais da violência a partir dos conceitos, teorias e tipologias.
Competência 2: capacidade de compreensão dos marcos legais relativos aos direitos de crianças e adolescentes, especialmente no que tange às políticas de saúde voltadas para o enfrentamento da violência e na organização da rede de cuidado e proteção social.
Competência 3: compreensão do sistema de garantia de direitos a partir das peculiaridades e pontos de convergência entre as redes de atenção, proteção social e defesa de direitos.

  • Objetivo Cognitivo: compreender, por meio de bases históricas e conceituais, a relação de impacto da violência sobre a saúde.
  • Objetivo de Habilidade: aplicar por meio de abordagem comunicativa parâmetros baseados nas teorias e práticas que dão sustentação às ações desenvolvidas nos serviços.
  • Objetivo Atitudinal: reconhecer a importância do protagonismo sócio político em relação a política de enfrentamento da violência contra criança e adolescente e o atendimento das vítimas e ao gerenciamento de ações.
    Objetivo Cognitivo: compreender os documentos que norteiam a política de enfrentamento a violência contra criança e adolescente.
    Objetivo de Habilidade: socializar os documentos que norteiam a política de enfrentamento a violência contra criança e adolescente no âmbito das instituições na perspectiva do atendimento às vítimas e do monitoramento e avaliação das ações.
    Objetivo Cognitivo: compreender as ações de prevenção à violência e de cuidado em rede.
    Objetivo de Habilidade: desenvolver um canal de comunicação integrada com os pontos da rede de atenção e proteção social na perspectiva intra e intersetorial do cuidado.
    Objetivo Atitudinal: identificar as ações e serviços de prevenção e de atenção e cuidado de crianças, adolescentes e suas famílias em situação de violências.
    Objetivo Atitudinal: atuar na promoção de cuidados em rede, buscando o fortalecimento das ações de prevenção à violência da criança e do adolescente.

 

Curso Livre, de 60 h/a será estruturado por um módulo e três unidades, na modalidade EaD

Unidade I: Bases conceituais e históricas da violência;
Unidade II: Atenção à criança e adolescente em situação de violência;
Unidade III: Redes de cuidado e prevenção a violência no âmbito do sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente.